Geral

Por quê você deve castrar um cão macho? Confira os principais motivos!

14 de agosto de 2017
castrar um cão macho

Quando o assunto é castração a polêmica é garantida. Geralmente não há muito incômodo na decisão de castrar as fêmeas, já que o período do cio costuma ser trabalhoso, com sangue pela casa, gravidez psicológica e outros percalços. Mas nem isso é sempre verdade, já que aqui em casa temos duas cachorras, Sofia e Mel, e minha mãe decidiu não castrá-las porque na época dizia-se que castrar e não deixar e fêmea engravidar ao menos uma vez aumentaria os riscos de câncer. Hoje já se sabe que isso não é verdade e, mais do que isso, que a castração reduz os riscos de câncer na fêmea. Já quando o assunto são os cães machos, as pessoas não ficam tão preocupadas em castrar e muitas vezes até demonstram resistência. Assim como eu castraria a Mel e a Sofia, se fosse minha escolha, eu também iria castrar um cão macho, caso tivesse um. Abaixo eu te explico as razões!


| MOTIVOS PARA CASTRAR UM CÃO MACHO |

#1 . Seu cão NÃO precisa cruzar 

Sabe quando seu cachorro entra na puberdade e começa a montar nas almofadas e na perna de todo mundo? Isso significa que os instintos sexuais dele estão aflorados, mas não significa que ele tem necessidade de cruzar. Isso mesmo. Há o instinto, mas não a necessidade e a falta, caso o cruzamento não ocorra.

Por isso, você não precisa ficar desesperado(a) atrás de uma fêmea para cruzar com seu cachorro, achando que ele necessita disso.

#2. O trabalho não é do dono do cão macho

castrar um cão macho

Assim como é a fêmea que dá trabalho durante o cio, é ela que engravida. Os filhotes ficam na casa da fêmea e, caso não se consiga doadores para todos, são os donos dela que ficarão com a maior parte da responsabilidade.

Além disso, filhotes são lindos, mas dão trabalho. Desde o princípio é preciso ficar atento para saber, por exemplo, se todos os pequenos estão mamando e sendo bem aceitos pela mãe.

Por isso, castrar um cão macho e não colocá-lo para cruzar significa um ato de responsabilidade.


Leia também: Paralisia em cães: Quais são as causas e o quê você deve fazer?


#4. Cruzar uma vez não resolve o problema

Você já sabe que seu cão não precisa cruzar. Se o incômodo é com a agitação dele durante o afloramento dos hormônios, colocá-lo com uma fêmea acalmará as coisas por um tempo, mas logo depois ele estará se esfregando em objetos e pernas de novo.

E não dá para colocá-lo para cruzar sempre que isso acontece, não é? Evite que ele fique ainda mais agitado e simplesmente castre-o.

#5. Castrar evita câncer de próstata e testículos

Castrar significa retirar os testículos do cachorro, o que significa que ele não terá esse tipo de câncer. Só essa já é uma excelente razão.



#6. Melhora de comportamento

Todo o nervosismo e toda a ansiedade que o cachorro demonstra quando seus hormônios estão à flor da pele pode ser cessado com a castração. Isso representa melhora da qualidade de vida do animal, já que o nível de estresse gerado pela constante procura por uma fêmea irá diminuir muito.

Outra ótima melhora acontecerá na demarcação de território, que acontece por uma questão sexual. Para avisar a todos os outros cães que determinada área e as fêmeas de certa região são dele, o cachorro faz xixi em todos os cantos que pode. Ao ser castrado, essa necessidade hormonal de afirmar-se no território irá diminuir.


Acredite, a castração deixa o cachorro mais feliz, porque diminui sua ansiedade. Isso significa qualidade de vida e, se seu cão está feliz, você está feliz. A castração só oferece vantagens. E se você gostou deste artigo, compartilhe por meio dos links abaixo!


Fontes:

Artigo Anterior
Próximo Artigo
Compartilhe nas redes sociais!

Você também pode gostar

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário