Curiosidades

Bigodes do cachorro: 8 curiosidades sobre eles que você talvez não saiba!

14 de julho de 2017
bigodes do cachorro

Você sabia que os bigodes do cachorro não servem apenas para jogar a água para fora do pote enquanto eles se hidratam? Sim, esses pelos diferentes têm outras funções que muitos donos de peludos nem ficam sabendo. Você encontrará algumas curiosidades sobre os  bigodes dos cachorros no guest post que escrevi para o site Tudo Sobre Cachorros, da querida Halina Medina.

 

Segue o comecinho do artigo:

| 1. Os bigodes caninos servem como antenas |

Os bigodes do cachorro não são apenas maiores e mais grossos que os demais pelos do bichinho, eles também brotam de um folículo capilar que é inervado por muitos nervos sensoriais que ajudam o cão a explorar melhor ao seu redor. Basicamente, quando qualquer coisa encosta nos bigodes do cachorro, o bigode vibra e estimula os nervos sensoriais, que vão providenciar um feedback sobre o ambiente em que o animal se encontra. Tudo isso ocorre em questão de milésimos de segundos. Essas “antenas” ajudam o animal em ocasiões como uma possível comunicação com outra espécie, agressões, dispersão de feromônios, aquisição de comida e até mesmo para manter a cabeça dele erguida durante a natação.

Quer entender melhor essas experiências sensoriais? Os bigodes servem para o cachorro explorar o mundo da mesma forma que os bebês usam suas mãozinhas e boquinhas para conhecer algum objeto novo.

| 2. O termo ‘bigode’ é um apelido |

O termo técnico correto para nos referirmos aos bigodes dos cães é “vibrissas”, que vem da palavra latina Vibrio, cujo significado é ‘vibrar’. Legal né?

[Clique aqui para continuar lendo]


Leia também: 25 Curiosidades sobre cães que você provavelmente não sabia!


Ficou com gostinho de “quero mais”? Então não esqueça de entrar no site Tudo sobre Cachorros e conferir o artigo na íntegra.

 

Artigo Anterior
Próximo Artigo
Compartilhe nas redes sociais!

Você também pode gostar

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário